Conceito

O Restaurante Xisko nasce da amizade, da cozinha de improviso, com os produtos da nossa região, dos fins de tarde que começam a dois e acabam com muitos, porque numa mesa redonda cabe sempre mais um.  Dos domingos  em que não apetece nada, mas quando se faz o primeiro xisko, já apetece tudo.

O nosso conceito de restaurante é baseado na cozinha tradicional portuguesa, com muito respeito a tradição, mas também com um xiskinho de ousadia, porque inovação e criatividade também são características bem portuguesas. Pretendemos criar um ponto de encontros, de convívios e de celebração dos bons momentos e das boas memórias. O nosso ideal é proporcionar aos clientes uma experiência positiva de convívio, com comida confortável, de partilha e que celebra a gastronomia portuguesa, com especial incidência na da nossa região, o Minho.
E como acreditamos na partilha e na colectividade, queremos que este seja só o início, queremos a sua participação no desenvolvimento do conceito de xisko, na sua constante renovação e inovação, uma relação contínua de troca de ideias e sugestões para que a palavra xisko faça parte do dicionário gastronómico.

Reunimo-nos à mesa, vamos celebrar este momento e relembrar outros tantos.
Eis que chegam os primeiros xiskinhos, as azeitonas, o pão e a broa, a tábua de frios e queijos também já está posta, temos presunto, salpicão, chouriço e queijo da serra.  Os xiskos quentinhos preparados com as receitas lá de casa não tardam a surgir, pão de alho, pimentos padrão, alheira com ovos,  cogumelos ao vinho do porto, camarões, polvo, ameijoa, lulas recheadas, mini-folhados, quiche, bolinhos de bacalhau, pataniscas, se quisermos ainda podemos continuar… ou então, escolher um bom grelhado de carne ou peixe, um folhado, uma massa ou o bom e velho bacalhau. Para completar, uma doce e agradável sobremesa e depois um cafezinho.
Mas se ainda apetecer alguma coisa, e por que não, só mais um xiskinho…